7 dicas para o conquistar loiro perfeito!

loiro-mel-4

Oi pessoal, hoje darei sete toques úteis para quem deseja dar aquela repaginada no visual e conquistar o loiro perfeito, ou para quem já é loira e deseja dar um UP no cabelão que ultimamente anda meio caído. Nessa onda de cuidados com os cabelos, dei várias dicas super válidas no blog da Julia Frade para quem deseja ser ruiva e manter o cabelo sempre lindo como o da Marina Ruy Barbosa, veja o post aqui.

Mas a dica de hoje é para as loiras, e então, quem nunca ouviu aquela expressão “loiro rico” e “loiro pobre”? Ouço sempre pelas más línguas quando alguém passa com o cabelo desbotado, quebradiço e exibindo a raiz preta, vale atentar-se a isso, realmente é sinal de descuido viu gente? (Exceto se você está deixando o cabelo crescer para voltar à cor natural)

llll1

Para quem deseja ser loira e não tem experiência com esse processo, num primeiro instante é necessário que você passe por um profissional, para que ele possa diagnosticar o tom ideal para a mudança e a tintura correta, além das aplicações de descolorantes caso for preciso. Não vá direto ao mercado comprar a sua caixinha de tinta loira e achar que o resultado da caixa vai aparecer no seu cabelo, por que na maioria das vezes o resultado pode ser frustrante. As “luzes” são o passo inicial para saber se você irá combinar com esse tom mais claro, 80% das mulheres começam por aí e depois clareiam cada vez mais os fios, é um ótimo teste para saber se você se sentirá bem, se o seu cabelo receberá bem o descolorantes e os pigmentantes, e se irá conseguir fazer a manutenção que um cabelo loiro precisa.

Dica 01. Raiz crescida NÃO

Sério gente, raiz crescida é o fim… (raiz crescida é diferente de raiz esfumada) Para provar que isso não é exagero, observe que o tom escuro na parte superior deixa o cabelo com aspecto de sujo e oleoso, pelo contraste entre o comprimento claro e as partes desbotadas, essa raiz crescida deixa o seu cabelo visualmente mais maltratado e torna a sua aparência desleixada. E para ter um “loiro rico” você deve passar bem longe desse caminho.

o-que-eles-pensam-raiz-crescendo

Dica 02. Fuja do “amarelo ovo”

Escolha com cuidado o melhor tom de loiro em relação à sua pele. É importante que você vá a um profissional, pois geralmente ele realizará testes com o seu cabelo, além de que com certeza terá uma paleta com diversas amostras de tons para comparar com a cor do seu cabelo, caso queira começar fazendo luzes, e para comparar com a sua pele e rosto caso já comece transformando inteiramente os fios. Fuja do tom amarelo ovo, muitas vezes ele é garantido pela falta de pigmentação cinza na tintura, fazendo com que o aspecto do seu cabelo fique com uma cor forte e muito artificial, vem daí a brincadeira do nome.

amarelado7

Dica 03. Cuidados maiores com piscinas

É importante levar protetores de cabelo quando for viajar e mantiver o uso quando for entrar em piscinas. O cloro da água maltrata até os cabelos virgens e escuros, que dirá os pigmentados e que possuem química. O cloro das piscinas reage com os descolorantes e pigmentantes do cabelo loiro reproduzindo a coloração esverdeada e desbotada em algumas mechas, além de deixá-las muito mais opacas e quebradiças. O cloro realmente detona os fios e a cor, então se o seu desejo é pegar marquinha de biquíni e ainda ficar com o seu loiro impecável sem sair da piscina ou da praia, recomendo o uso de protetores anticloro, existem muitos no mercado, além de continuar hidratando e lavando os cabelos com condicionadores que recuperam os danos.

Captura-de-tela-inteira-09122013-102146

Dica 04. Tom ideal para o “loiro rico”

O loiro rico não é aquele que você paga 200 reais no salão, mas é aquele que combina com você e te deixa com um aspecto NATURAL. Para isso, é necessário harmonizar o tom do cabelo com o tom da pele e dos olhos, principalmente. Nem todas as atrizes de olho verde possuem aquele loiro maravilhoso desde que nasceram, mas pelo fato de adequarem aos tons ganham facilmente este aspecto natural, isso é o básico para garantir um loiro chique, a naturalidade e o brilho resultante da manutenção dos fios.

d203b-loira

Dica 05. Tom da pele

Todas as mulheres podem clarear o cabelo, vai dar certo, mas não force a barra! As mulheres negras e de pele bronzeada ficam lindíssimas com tons de dourado, mel e caramelo, da mesma forma, mulheres mais branquinhas tendem a serem mais favorecidas com os platinados e acobreados, mas é bem mais fácil se adaptar ao platinado se você já for loira. É uma questão de harmonia entre tons, uma dica para você não sair por aí com um aspecto de cabelo falso, queimado e envelhecido.

mulheres-negras-com-cabelos-loiros-3

Dica 06. Pense também nas sobrancelhas

Antes de escolher o tom, observe suas sobrancelhas e veja se não vai ficar esquisito. Não precisa pintar da mesma cor do cabelo, principalmente se a sua pele for um pouco mais escura ou bronzeada. As sobrancelhas denunciam a verdadeira cor do cabelo, mas o contraste entre os dois após a sua transformação pode ser bem interessante e sensual. Se a sua sobrancelha é grossa e cheia, vai ser mais difícil contrastar, além do que não se deve pintá-las.

2

Dica 07. Hidratar nunca é demais

Um fato é verídico: ser loira custa caro. Não deixe de hidratar seu cabelo o máximo possível, uma vez a cada 15 dias isso deve ser o seu compromisso fiel! Para o cabelo responder bem à hidratação e manter o brilho é necessário gastar um pouco sim com profissionais especializados, antes de iniciar essa transformação já tenha isso em mente. A hidratação é a sua melhor amiga, você vai gastar com ela, mas vai se sentir bem melhor e com um cabelo maravilhoso, caso contrário, o resultado vai ser desastroso.

68392_397784653623280_682992991_n

Além das dicas, que espero que sejam úteis, também selecionei algumas inspirações de loiros de famosas que arrasam e estão super em alta. Espero que gostem!

loiro-ideal-cada-tipo-de-pele-mariana-ximenes-46427

demi-lovato-cirurgia

lindaa minha princesa

platinado


E aí, gostou? Deixe seu comentário!

11774701_517487851734590_288791700_n-169x300

Dica do dia: Seu novo secador de cabelos

A dica de hoje vai para quem precisa escolher um secador novo e não sabe por onde começar, com dúvidas sobre marca, voltagem, benefícios do produto e principais pontos a priorizar na escolha.

Ao usar o secador você deve se lembrar sempre de proteger os fios com algum produto protetor térmico específico, principalmente quando há certa frequência no uso.Outra dica na hora de secar o cabelo e escová-lo é de nunca chegar com o secador muito perto do couro cabeludo, pois o ato pode causar queimaduras e enfraquecimento da região capilar pelo calor excessivo.

mulher-secando-o-cabelo-corretamente

Voltando ao principal, o secador de cabelos é um produto que deve ser analisado com cuidado na hora de comprar. Deve se verificar o material e se as informações da embalagem são verídicas a respeito do produto. Não se iluda com secadores muito baratos, ofertas e a palavra dos vendedores de lojas, verifique você se o produto é confiável e se tem a potência necessária.

Quando o secador é de má qualidade, pode ser que sejam feitos para que partes de metal ou plástico sirvam para gerar o calor do ar, esse tipo de “gambiarra” faz com que seja gerado calor desigual ou em excesso.

Uma dica de segurança é nunca segurar o secador pelo fio, muito menos retirá-lo da tomada puxando-o.

Secador-com-difusor-imagem-1

difusor é um acessório muito útil para quem tem cachos e gosta de definí-los ao invés de usar o calor apenas para alisar. Inclusive alguns secadores já vêm com o acessório, e outros feitos principalmente para este tipo de uso vêm com outras peças e bicos que ajudam a modelar mais o cacho.

Na hora de comprar, procure aqueles que têm ajuste de velocidade e temperatura, é ideal para ajustar de acordo com o tipo do seu uso, se apenas para secar ou com mais potência para uma escova mais caprichada!

480320247

Atentar-se à potência do secador é muito importante, vale lembrar que quanto maior sua potência, mais vai haver excesso de temperatura, podendo causar queimaduras, danos aos fios e ao couro cabeludo, além de gastar mais energia, mas por outro lado, o tempo destinado a secar o cabelo será menor.

Quanto à voltagem, existe do tipo 110V e 220V, assim como existem os bivolts. Se você viaja muito, sugiro que escola um bivolt, ou sempre que viajar leve um transformador.

Íons negativos: fecham a cutícula dos fios, reduzem o frizz, dão brilho nos fios, e ajudam a hidratar. Também secam os fios até 40% mais rápido.

Íons positivos: Abre a cutícula do fio para que pigmentos de coloração, hidratação e queratina penetrem no cabelo.

ar frio é outro “detalhe” que existe na maioria dos secadores, geralmente é ignorado quando usa-se para fazer escova, pois o intuito é alisar com ar quente. Mas este ar frio pode ser útil por que fecha as escamas dos fios, dando mais brilho e evitando o ressecamento dos mesmos.

Um truque é usar o ar quente para secar o cabelo e no final, usar o ar frio para dar brilho aos fios!


E aí, curtiu as dicas?

392611_326275434067195_401022125_n-480x642

Banho de brilho: 10 dicas para hidratar o cabelo em casa

PhotoGrid_1437680218338

Não seria maravilhoso se pudéssemos ter o resultado do salão sem sair de casa? Este é um paradigma que irei quebrar, já que é possível sim obter resultados ótimos cuidando dos cabelos em casa mesmo, acompanhem as dicas que eu já sigo há algum tempo. Hoje em dia existem muitos produtos no mercado, várias linhas de tratamento que hidratam o cabelo justamente para facilitar a nossa vida e evitar idas toda semana ao salão.

Pensando em facilitar a vida de vocês, minhas leitoras lindas, preparei este post para ajudá-las a hidratar o cabelo preparando-o para a correria do dia a dia. Não é mito aquele velho papo de que cada organismo é de um jeito então seu cabelo pode responder de maneira diferente do que o meu, mas vale à pena tentar, já que cuidar do cabelo nunca é demais. Venho com dicas que talvez já tenham visto e outras mais recentes que dão super certo!

1. Escolha o creme certo

O primeiro passo é escolher o creme certo e não por ser o mais caro. O creme tem que ser ideal para o seu tipo de cabelo, seja ele liso, cacheado, volumoso, crespo, seco… A consistência também é um detalhe a se observar, o ideal é escolher um creme nem muito duro nem diluído demais, esse ponto é decisivo na aplicação e na aderência do creme aos fios.

2. Lavar bem os cabelos

Lavar bem os cabelos, esfregando bem o couro cabeludo com shampoo e massageando do meio até as pontas desembaraçando-os com cuidado. Se o cabelo não for lavado de forma correta, continuará oleoso, assim, a máscara capilar não vai penetrar nos fios dando o efeito desejado. Por isso, independente se for hidratar ou não, é importante lavar bem os cabelos.

3. Não contamine o produto

Evite colocar as mãos no pote para retirar o produto, tente usar um pincel de tintura bem limpo. Se você não tem, use uma colher para retirar o produto do pote e o aplique com as mãos bem limpas.

Isso evita que o produto tenha seu pH alterado, podendo deixar mais ácido, o que não é bom para os cabelos.

4. Aplique a mascara nos cabelos já secos

Hidratar os cabelos durante o banho é mais comum e mais prático (alguns produtos até são feitos para isso, condicionadores com duração de 3 a 5 minutos geralmente), mas não é 100% indicado. Por que se aplicarmos a máscara nos cabelos molhados o produto vai literalmente “por água abaixo” e não queremos isso. Certo? Então, depois de lavar bem os cabelos, seque com uma toalha e penteie os fios para desembaraçar e só então, aplique a màscara.

5. Temperatura da água

Antes de começar a hidratação, lave os cabelos com água morna, porque ajuda a abrir a cutículas do cabelo. Depois, na hora de enxaguar a máscara, a temperatura da água precisa ser fria para selar a cutícula do cabelo, evitar fios arrepiados e deixá-los com mais brilho.

6. Aplicar a máscara corretamente

Indico que apliquem a máscara mecha por mecha, partindo da parte de baixo do cabelo até a parte frontal. Para cabelos mais secos, o produto deve ser aplicado a partir de dois até quatro dedos de distância da raiz. Para cabelos mistos e oleosos, do meio do cabelo às pontas. Isso varia bastante da intensidade de oleosidade do seu cabelo. O importante é nunca aplicar a máscara na raiz, em nenhum dos casos! (Isso também serve para qualquer simples lavagem com condicionador)

7. Atente-se à quantidade de produto

Evite encher o cabelo de creme, preocupe-se unicamente em garantir que todas as mechas recebam o produto, e que estejam sendo massageados garantindo a sua penetração.

8. Truques e macetes de cabeleireiros

Um truque bacana e essencial de todo salão é a maneira como se deposita o creme no cabelo, espalhando sempre de cima para baixo massageando muito cada mecha, até que você sinta seu cabelo mais macio. Após isso, massageie de baixo para cima, assim o produto penetrará mais na cutícula do cabelo. Para finalizar, de cima para baixo novamente, para fechar a cutícula e dar brilho aos fios.

9. Temperatura alta? Cuidado!

Depois da hidratação com a máscara, prenda o cabelo e coloque uma touca ou até mesmo uma toalha morna. O calor ajuda a abrir as cutículas do cabelo e garante que o produto atue melhor.

Não use toucas térmicas, porque geralmente elas fornecem calor em excesso e podem desestruturar fio.

10. Não deixe resíduos da máscara

Pelo amor de Deus não deixem resíduo de produto meninas, olha lá em, haha’

Depois de toda a hidratação, enxágue bem os cabelos até que o produto saia completamente. Outro mito é aquela história de que deixar resíduos melhora o resultado, mas não, muito pelo contrário viu?! Não deixem vestígios do produto para que os cabelos não fiquem opacos e até venham a começar a apresentar quedas depois.

Tenho certeza de que seguindo certinho essas dicas o seu cabelo vai conquistar uma aparência muito melhor!


E aí, vamos hidratar?